MANUTENÇÃO PREVENTIVA

Lavagem de vidros e drenagem das placas
É necessária a lavagem periódica dos vidros para garantir seu bom funcionamento. Quando maior o nível de poluição ou poeira no ar, maior deverá ser a frequência de lavagens. A inspeção do nível de sujeira nos coletores pode ser feita pelo próprio usuário assim como sua limpeza, que se faz normalmente com uma vassoura de pelos, sabão neutro e água. A lavagem deverá ser feita pela manhã tomando-se cuidado para não forçar o vidro dos coletores em demasia, pois pode se quebrar. É recomendada a lavagem do vidro e drenagem do sistema a cada 6 meses.

Troca de vidros
Em caso de quebra de vidros de algum dos coletores, o coletor solar SOLARSOL foi desenhado especialmente para que a troca deste vidro possa ser feita no próprio local. Para tanto, remova a camada de silicone de vedação com um estilete e retire os 4 parafusos existentes na placa do lado em que o vidro quebrou, e em seguida retire o vidro danificado. Limpe com o próprio estilete o excesso de silicone existente no perfil da placa, substitua o vidro por outro, aperte os parafusos e vede novamente com silicone incolor.

Troca da resistência elétrica
Caso se perceba que a água não esquenta após 1 hora ligado o complementar elétrico, e depois de constatado que realmente a resistência está queimada  é necessário substitui – la. Para se fazer a substituição da resistência elétrica é necessário verificar que, o disjuntor esteja desligado. Esvaziar o reservatório térmico, fechando o registro de entrada de água fria no reservatório e abrindo o registro (dreno) existente na placa, para esvaziar toda água,  em seguida faça a retirada e a substituição da resistência queimada, observando sua tensão e potência. Para a colocação da nova resistência, passe a fita selante (veda – rosca) e observe após sua instalação e enchimento do reservatório se não há vazamentos. Caso esteja tudo em perfeita ordem, refaça a ligação elétrica, deixando o disjuntor em condições de uso.

Troca de termostato
Uma vez verificado que a resistência está funcionando e mesmo assim não se tem água quente após 1 hora em que o auxiliar elétrico esteja ligado, o problema pode estar no termostato. Para a troca de termostato, verifique que o disjuntor esteja desligado, e então, faça a substituição do mesmo, observando o esquema da ligação elétrica. Nesse caso, não é necessário o esvaziamento do reservatório, pois o termostato é colocado em   local apropriado, e em seguida refaça a ligação elétrica, deixando em condições de uso, para isso,  gire o botão indicador no sentido horário até encontrar a graduação recomendada (55 graus).
Em caso de dificuldades para se executar as operações descritas anteriormente, solicite a assistência técnica, ou uma empresa especializada. Você pode ainda recorrer ao quadro de falhas no funcionamento, (abaixo) caso ocorra alguma anomalia no seu aquecedor,  ou mesmo que você observe que ele esteja funcionando abaixo de sua expectativa, ou se preferir algum outro esclarecimento entrar em contato com nosso departamento técnico, pelo fone (44) 3023-6007.